Aluguel de móveis: escolheu, alugou e chegou.

Sem categoria

Em um passado próximo, mas muito distante da realidade atual, se uma empresa precisasse de cadeiras, mesas, gaveteiros, etc. era necessário comprá-los. Antes da internet, o processo não era facilitado por e-commerces; e mesmo depois, itens como disponibilidade de entrega e montagem são empecilhos para uma resposta rápida à necessidade. Felizmente, os avanços da tecnologia e das soluções sob demanda garantem conveniência e liberam tempo para que as empresas possam focar no core business.

Apesar de várias mudanças passarem desapercebidas, porque são naturalizadas como second nature (inseridas ao cotidiano de forma fluída), as transformações estão pulverizadas por todos os lados. Ir à banca comprar o jornal ou ir à porta de casa buscá-lo foi substituído pelo uso no smartphone, tablet e computador. A agenda de papel virou virtual. Os livros viraram e-books. As fotos deixaram de ser reveladas para ser álbuns digitais. Em meio a tudo isso, a compra do mobiliário do escritório vem sendo substituída pelo aluguel.

Ao invés de perder tempo em lojas físicas, ou ainda lidar com o prazo de entrega das lojas virtuais, as empresas têm a convivência de visitar o site da John Richard, escolher os móveis para escritório que necessitam, solicitar orçamento, alugá-los e recebê-los em todo o Brasil. A conveniência de ter mobiliário de qualidade, a pronta entrega e adequado às necessidades de cada momento da empresa. Além disso, o atendimento pode ser inteiramente online, por telefone ou presencial, o cliente é quem escolhe.

Aluguel: solução que vai além da entrega do móvel.

Complementando o fluxo, o aluguel inclui transporte, montagem e manutenção. E mais, quando o item não é mais necessário, o passo a passo continua com ‘solicitou, John Richard desmontou e retirou’. Sem preocupação, sem capital imobilizado, sem comprometimento da gestão do espaço com mobiliário em desuso. Uma solução completa em todos os sentidos! Inclusive, também é uma opção sustentável, pois a empresa evita descarte incorreto e adere à consciência da mentalidade de uso.

Tendências de mercado mostram que a locação é um modelo em ascensão. Se antes era comum alugar apenas imóveis, diversos produtos e serviços são adicionados à lista todos os dias. Nas empresas, já é usual alugar espaço, frota, máquinas, impressoras, infraestrutura de TI e outros. Seguindo o mesmo raciocínio de foco no core business, também são terceirizadas operações de limpeza, segurança, alimentação e até colaboradores especializados são contratados via consultorias. Indiscutivelmente, aluguel é o modelo do presente e do futuro.

Last modified: 16 de outubro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =