A importância da flexibilidade no ambiente de trabalho.

Sem categoria

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Sem Avaliações)
Loading...

Estudo da startup Werk sobre flexibilidade no workspace – publicado na Harvard Business Review Brasil – revela que adaptar o local de trabalho conforme as necessidades ainda é uma demanda pouco atendida pelas empresas, mas muito necessária para os colaboradores. A pesquisa The Future is Flexible: The Importance of Flexibility in the Modern Workplace (em tradução livre, O Futuro é Flexível: A Importância da Flexibilidade no Ambiente de Trabalho Moderno), entrevistou 1.583 profissionais nos Estados Unidos, em 2018.

Com foco em identificar o que os profissionais precisam e o que, de fato, as empresas oferecem, o estudo tinha o objetivo de mensurar a diferença entre expectativa e realidade.

96% dos entrevistados afirmaram precisar de flexibilidade, mas apenas 47% relataram ter acesso aos tipos de flexibilidade dos quais precisam. Uma lacuna expressiva de 54% de demandas não atendidas.

Flexibilidade no espaço de trabalho.

Especificamente sobre as posições de trabalho – segmento de expertise da John Richard – a disparidade entre a demanda e a oferta de soluções flexíveis apresentou a maior lacuna: 84% de demanda dos profissionais por flexibilidade versus apenas 21% de oferta pelas empresas.

A possibilidade de atuação no local mais conveniente para o momento do colaborador é uma variável que pode aumentar a produtividade e a criatividade, ainda segundo o estudo. Sendo que, vale pontuar que este processo tem vários desdobramentos. O local ideal pode variar dentro do próprio escritório, da estrutura completa da empresa e também envolver alternativas como home office e espaços colaborativos.

Aluguel de móveis e flexibilidade no ambiente de trabalho.

Uma solução ideal para viabilizar o aumento da oferta de flexibilidade no ambiente de trabalho é a locação de móveis para escritório. Dessa forma, a empresa é capaz de facilmente adaptar e transformar espaços de acordo com as necessidades e movimentos do negócio e do mercado, assim como os comportamentos dos colaboradores. Além de atender à flexibilidade, o aluguel proporciona diversas vantagens para a gestão estratégica dos ambientes corporativos: agilidade, atendimento especializado, manutenção inclusa, contratação on demand, etc.

Ficou com vontade de saber mais? Confira o post ‘Mudanças do workspace: foco em eficiência e flexibilidade’, que traz o estudo Americas Occupier Survey 2018. Boa continuação de leitura!

Last modified: 23 de janeiro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =