Ambiente educacional em prol da experiência de aprendizagem.

Todas as Publicações

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Sem Avaliações)
Loading...

É comum valorizar a experiência no processo de aprendizagem abordando métodos empíricos e processos imersivos. Para além disso, o próprio ambiente tampouco atua em prol da construção de uma atmosfera favorável e estimulante. De olho nisso, o segmento educacional está focado em reinventar centros de ensino, colocando os alunos no centro das estratégias. 

Novos comportamentos demandam um novo ambiente educacional.

Se o mercado como um todo é continuamente impactado pelos novos comportamentos, o que falar sobre a educação? O setor atende diversas idades, mas há um alto volume de público concentrado nas novas gerações. Em idade escolar, temos a Geração AI, como definida em estudo da Gartner. Crianças nascidas a partir de 2010, que são nativas digitais e que terão pensamento empoderado pelo avanço da Inteligência Artificial. Também chamada de Alpha, essa geração demanda estruturas cada vez mais estimulantes e atentas à experiência. 

No corte anterior, a Geração Z, com nascidos entre 1990 e 2010, que ainda pode ser dividida nos grupos Y (1980 a 2000) e W (1991 a 2000). Apesar das separações não unânimes, somam pessoas que têm em comum as rupturas e mudanças da Revolução Digital, o que fortalece comportamentos e preferências bastante atrelados à tecnologia. Em meio a tudo isso, as necessidades de espaços estimulantes e interativos avança em relevância. Transportando a questão para o ambiente educacional, ir além das soluções tradicionais e ter flexibilidade para adequar-se com rapidez às transformações e novidades é fundamental.

Ambiente educacional flexível e interativo.

Uma parte importantíssima da construção dos espaços educacionais é o mobiliário. O clássico mesas e cadeiras precisa evoluir para acompanhar as necessidades de uma experiência mais elaborada. Por exemplo, ao mobiliar os ambientes com uma solução de mobiliário sob demanda ou como serviço, fica simples e prático ampliar e diminuir as estruturas de acordo com o uso. Há ainda os benefícios de capital não imobilizado com a compra de móveis, atendimento especializado e o apelo sustentável de um modelo apoiado no consumo consciente. Junto a tudo isso, existe a vantagem central, que é justamente gerenciar os espaços sempre visando oferecer a melhor experiência de uso aos alunos.

Móveis que otimizam o ambiente educacional.

Entre as diversas opções de móveis disponíveis para locação na John Richard, alguns despontam como soluções perfeitas para experiências educacionais otimizadas:

Além destes, sofás, puffs e bancos são perfeitos para áreas de convivência. Assim, a criação e a transformação de espaços que incentivam trabalho em equipe e o desenvolvimento de competências colaborativas é facilitado pela conveniência do aluguel de móveis.

Last modified: 19 de julho de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 17 =