Design biofílico: workplace e qualidade de vida.

Todas as Publicações

O que é design biofílico?

Para entender o design biofílico, é preciso antes conhecer a biofilia. O termo faz referência ao amor à natureza e ficou conhecido com o livro Biophilia, de Edward Osborne Wilson. Quando aplicado ao design, propõe a incorporação de elementos naturais ao espaço com o intuito de promover bem-estar e reconexão com o meio ambiente.

Em entrevista para a John Richard, Terezinha Santos, arquiteta e fundadora da Universo Facilities, explicou que há comprovação científica de que a presença de elementos naturais é positiva para os usuários de um ambiente. Por elementos naturais, entenda-se plantas, madeiras e pedras, assim como texturas e cores que remetam à natureza.

Benefícios do design biofílico para o ambiente de trabalho.

Já abordamos diversas vezes a conexão entre workspace e desempenho dos colaboradores. Assim como a neuroarquitetura, o design biofílico também está relacionado à atenção sobre como o meio afeta os colaboradores e a importância de pensar espaços agradáveis e voltados à performance. A atmosfera corporativa pode ser estressante e exaustiva, aspectos que podem ser minimizados com um escritório elaborado para mesclar produtividade e aconchego.

Por meio do design biofílico, é possível criar um workplace reconectado com a natureza, o que “promove sensação de conforto”, pontuou Terezinha. A arquiteta ainda complementa que o “espaço com mais verde e elementos naturais como, por exemplo, a madeira, estimula a criatividade e tem resultados positivos na redução do estresse e no aumento da produtividade”.

Cada vez mais, a criação e a atualização dos escritórios visa ir além da disposição de mesas e cadeiras. O workspace tem valor estratégico, pois impacta direta e indiretamente na atuação dos colaboradores e na atmosfera organizacional. Junto a isso, os profissionais que atuam nas demandas relacionadas ao escritório também evoluem estrategicamente. A especialista frisou que explorar o design biofílico é uma decisão com múltiplas vantagens, principalmente com produtividade e qualidade de vida sendo gerenciadas lado a lado.

Móveis que favorecem o design biofílico.

A John Richard está sempre atenta às necessidades e às tendências do workplace e tem móveis alinhados ao design biofílico. Um dos destaques, para Terezinha Santos, é a Cube, uma estante multifuncional e versátil. Com nichos amadeirados, ela pode ser usada como divisória de ambientes, apoio para plantas e, obviamente, como uma clássica estante para a organização e disposição de itens diversos. Além da Cube, mesas amadeiradas e itens com formas orgânicas são exemplos de móveis para escritório da John Richard que permitem um espaço com o acolhimento do design biofílico e a conveniência do aluguel de mobiliário.

Last modified: 26 de fevereiro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 3 =